A escrita ajuda a organizar e clarear os pensamentos que se embaralham o tempo todo na nossa mente de forma desordenada. Ao sentar para passar esses mesmos pensamentos para o papel, somos obrigados a entrar em contato com eles de uma forma mais concreta, de entendê-los. No caso das resoluções de ano novo, esse processo nos permite também visualizá-las, pensando no que será preciso fazer para que sejam cumpridas.

Claro, há que se ter bom senso. Já dizia o sábio John Lennon em Beautiful Boy: “A vida é o que te acontece enquanto você está ocupado fazendo outros planos.”. Então, nada de se fixar em metas impossíveis de serem alcançadas ou em realizações que não dependam basicamente de você mesmo. Se preocupe em fazer “a sua (p)arte”. Infeliz ou felizmente, não escolhemos como a vida acontece, mas ter algum poder sobre o que podemos escolher já pode ser um ótimo começo, não é mesmo?

Liste o que você deseja para 2018

Comece listando tudo o que precisa, como dinheiro para pagar o aluguel, contas etc. Em seguida, liste o que você deseja: o carro, o emprego, a realização profissional.

Agora, avalie sua lista:

  1. Eu realmente quero isso ou é apenas para “aparecer”, ou porque acho fácil de alcançar?
  2. Isso contradiz qualquer outra resolução? Se assim for, ajuste uma delas (a vida exige umas escolhas difíceis mesmo…).
  3. Isso entraria em conflito com a vontade de outras pessoas? Em caso afirmativo, determine as diferenças.
  4. É positivo e não negativo? Não se esqueça: suas resoluções são sobre o que você quer e não sobre aquilo de que você quer se livrar.
  5. É detalhado? Se você quiser algo, inclua todos os detalhes que você puder.
  6. Não nivele suas resoluções por baixo nem estabeleça metas difíceis demais. Se você tiver uma baixa expectativa, você também vai limitar seus esforços. Nem tanto ao céu, nem tanto à terra.”, já diz o ditado popular.

Leia – se possível no espelho ou em voz alta – suas resoluções todos os dias de 2018. Faça ajustes quando necessário. Ah, e quase esqueci. Há mais um passo, talvez o mais importante: comece agora! Procrastinação é a única coisa que realmente te impede de alcançar suas metas. Que tal começar sua lista agora mesmo? Afinal, 2018 já está logo ali, dobrando a esquina…